!

!

Thursday, June 28, 2007

Arriscar é: interpretar

Avaliar a vida por vezes não chega.
Classificamos as coisas entre boas e más…
Mas a realidade diz-nos que não é só assim
que se deve olhar para o que se passa connosco.
Deve interpretar-se, e á luz de Deus.
Com sabedoria percebe-se
que o que pareceu ter sido só mau
nos amadureceu e nos aproximou mais do que é essencial na vida.
E muitas vezes o que foram facilidades só nos tornaram menos aptos
para lidar connosco e com a realidade que nos envolve.
Quando interpretamos a vida á luz de Deus
percebemos que ela é um projecto muito mais amplo e vasto
do que a soma de vários acontecimentos.
Só nessa perspectiva somos capazes de decifrar
a verdadeira chave e sentido da nossa vida
que é o AMOR.