Thursday, March 29, 2012

Arriscar é: Quaresmar 21

Muito dá que pensar:

"O amor não é alguma coisa que sentimos,
mas algo que fazemos o outro sentir".

Friday, March 23, 2012

Arriscar é: Quaresmar 20

Jesus e o pai trabalham incessantemente.
É verdade. O Seu trabalho é amar.
Tudo pode ser trabalho desde que feito com amor.
Dormir, comer, falar, trabalhar, rezar, divertir, esperar...
Tudo pode ser amor se feito como doação pelos e aos outros e a Deus.

Wednesday, March 21, 2012

Arriscar é: Quaresmar 19

"Ao viajar pelo Oriente, mantive contatos com monges do Tibete, da Mongólia, do  Japão e da China. Eram homens serenos, comedidos, recolhidos e em paz nos seus mantos cor de açafrão.  Outro dia, eu observava o movimento do aeroporto de São Paulo: a sala de espera cheia de executivos com telefones celulares, preocupados, ansiosos, geralmente comendo mais do que deviam. Com certeza, já haviam tomado café da manhã em casa, mas como a companhia aérea oferecia um outro café, todos comiam vorazmente. Aquilo me fez refletir: 'Qual dos dois modelos produz felicidade?'
Encontrei Daniela, 10 anos, no elevador, às nove da manhã, e perguntei: 'Não foi à aula?' Ela respondeu: 'Não, tenho aula à tarde'. Comemorei: 'Que bom, então de manhã você pode brincar, dormir até mais tarde'. 'Não', retrucou ela, 'tenho tanta coisa de manhã...' 'Que tanta coisa?', perguntei. 'Aulas de inglês, de balé, de pintura, piscina', e começou a elencar seu programa de garota robotizada. Fiquei pensando: 'Que pena, a Daniela não disse: 'Tenho aula de meditação! Estamos construindo super-homens e super  mulheres, totalmente equipados, mas emocionalmente  infantilizados.
Uma progressista cidade do interior de São Paulo tinha, em 1960, seis livrarias e uma academia de ginástica; hoje, tem sessenta academias de ginástica e três livrarias! Não tenho nada contra malhar o corpo, mas me preocupo com a desproporção em relação à malhação do espírito. Acho ótimo, vamos todos morrer esbeltos: 'Como estava o defunto?'. 'Olha, uma maravilha, não tinha uma celulite!' Mas como fica a questão da subjetividade? Da espiritualidade? Da ociosidade amorosa?
Hoje, a palavra é virtualidade. Tudo é virtual. Trancado em seu quarto, em Brasília, um homem pode ter uma amiga íntima em Tóquio, sem nenhuma preocupação de conhecer o seu vizinho de prédio ou de quadra! Tudo é virtual. Somos místicos virtuais, religiosos virtuais, cidadãos virtuais. E somos também eticamente virtuais...
A palavra hoje é 'entretenimento'; domingo, então, é o dia nacional da imbecilização coletiva. Imbecil o apresentador, imbecil quem vai lá e se  apresenta no palco, imbecil quem perde a tarde diante da tela. Como a publicidade não consegue vender felicidade, passa a ilusão de que felicidade é o resultado da soma de prazeres: 'Se tomar este refrigerante, vestir este  tênis,  usar esta camisa, comprar este carro,você chega lá!' O problema é  que, em geral, não se chega! Quem cede desenvolve de tal maneira o desejo, que acaba  precisando de um analista. Ou de remédios. Quem resiste, aumenta a neurose.
O grande desafio é começar a ver o quanto é bom ser livre de todo esse condicionamento globalizante, neoliberal, consumista. Assim, pode-se viver melhor. Aliás, para uma boa saúde mental  três requisitos são indispensáveis: amizades,  autoestima, ausência de estresse.
Há uma lógica religiosa no consumismo pós-moderno. Na Idade Média, as cidades adquiriam status construindo uma catedral; hoje, no Brasil, constrói-se um shopping-center. É curioso: a maioria dos shoppings-centers tem linhas arquitetônicas de catedrais estilizadas; neles não se pode ir de qualquer maneira, é preciso vestir roupa de  missa de domingo. E ali dentro sente-se uma sensação paradisíaca: não há mendigos, crianças de rua, sujeira pelas calçadas...

Entra-se naqueles claustros ao som do gregoriano pós-moderno, aquela musiquinha de esperar dentista. Observam-se os vários nichos, todas aquelas capelas com os veneráveis objetos de consumo, acolitados por belas sacerdotisas. Quem pode comprar à vista, sente-se no reino dos céus. Deve-se passar cheque pré-datado, pagar a crédito,  entrar no cheque especial, sente-se no purgatório. Mas se não pode comprar, certamente vai se sentir no inferno... Felizmente, terminam todos na eucaristia pós-moderna, irmanados na mesma mesa, com o mesmo suco e o mesmo  hambúrguer do Mc Donald...
Costumo advertir os balconistas que me cercam à porta das lojas: 'Estou apenas fazendo um passeio socrático.' Diante de seus olhares espantados, explico: 'Sócrates, filósofo grego, também gostava de descansar a cabeça percorrendo o centro comercial de Atenas. Quando vendedores como vocês o assediavam, ele respondia:...
"Estou apenas observando quanta coisa existe de que não preciso para ser Feliz"!!!

(atribuido a: Frei Betto)

Tuesday, March 20, 2012

Arriscar é: Quaresmar 18

Quando queremos que alguém mude
devemos começar por rezar
por nós mesmos.

Thursday, March 15, 2012

Arriscar é: Quaresmar 17

Todas as vidas necessitam de regras ou mandamentos.
São como luzeiros que nos ajudam a orientar as nossas vidas.
Especialmente nos tempos difíceis eles servem ainda mais como ponto de apoio
para que se possa avançar.
De vez em quando precisam de ser avaliados e renovados.
A idade e as circinstâncias da nossa vida assim o exigem.
No presente, em cada presente alguns há que devem ser imprescindiveis.
São os que nos premitem lutar e respeitar o que é fundamental á nossa existência.


Estes tempos que vivemos necessitam de boas regras ou mandamentos.

Tuesday, March 13, 2012

Arrscar é: Quaresmar 16

1 - Deus não escolhe
pessoas capacitadas, Ele capacita os
escolhidos.


2 - Um com Deus é
maioria.


3 - Devemos orar
sempre, não até Deus nos ouvir, mas até que
possamos ouvir a Deus.


4- Nada está fora
do alcance da oração, exceto o que está fora
da vontade de Deus.


5- O mais importante
não é encontrar a pessoa certa, e sim ser
a pessoa certa.


6 - Moisés gastou:
40 anos pensando que era alguém; 40 anos
aprendendo que não era ninguém e 40 anos descobrindo o que Deus
pode fazer com um NINGUÉM.


7 - A fé ri das impossibilidades.

8 - Não confunda
a vontade de DEUS, com a permissão de DEUS.


9 - Não diga a DEUS
que você tem um grande problema. Mas diga
ao problema que você tem um grande DEUS.


10 - DEUS sem si
continua sendo DEUS. Mas você
sem Ele não é pouco.

Arriscar é: Quaresmar 15

"Quando eu quero falar com Deus, eu apenas falo
Quando eu quero falar com Deus, às vezes me calo
E elevo o meu pensamento, peço ajuda no meu sofrimento
Ele é pai, Ele escuta o que pede o meu coração
Quantas vezes falando com Deus, desabafo e choro
E alívio pro meu coração eu a Ele imploro
E então sinto a Sua presença, Seu amor, Sua luz tão intensa
Que ilumina o meu rosto e me alegra em minha oração

Quanta paz, quanta luz
Deus nos houve, nos mostra o caminho que a ele conduz
Deus é pai, Deus é luz
Deus nos fala que a Ele se chega seguindo Jesus

É tão lindo falar com Deus, em qualquer momento
Deus que vê uma folha que cai e é levada ao vento
Não existe onde ele não esteja e Ele pode escutar nossa voz
Deus no Céu, Deus na terra, onde esteja, está dentro de nós

Quanta paz, quanta luz
Deus nos ouve, nos mostra o caminho que a Ele conduz
Deus é pai, Deus é luz
Deus nos fala que a Ele se chega seguindo Jesus

Quanta paz, quanta luz
Deus nos ouve, nos mostra o caminho que a Ele conduz
Deus é pai, Deus é luz
Deus nos fala que a Ele se chega seguindo Jesus

Quanta paz, quanta luz
Deus nos houve, nos mostra o caminho que a Ele conduz
Deus é pai, Deus é luz."


(Roberto Carlos) 

Monday, March 12, 2012

Arriscar é: Quaresmar 14

A quaresma prepara-nos para a luta que conduzirá à vitória.
É necessário habituarmo-nos a vencer a morte, pelos exercicios de mortificação.
Passamos por eles, não permanecemos.
Agora tudo tem remédio em Deus, até a morte fisica.

Saturday, March 10, 2012

arriscar é: Quaresmar 13

"No ventre de uma mulher grávida estavam dois bebés. O primeiro pergunta ao outro:
-Tu acreditas na vida após o nascimento?
-Certamente que sim. Algo tem de haver depois de nascermos! Talvez estejamos aqui, principalmente, porque precisamos de nos preparar para o que seremos mais tarde.

-Tolice, não há vida após o nascimento. E se houvesse como seria ela? ...
-Eu cá não sei, mas certamente haverá mais luz lá do que aqui... Talvez caminhemos com os nossos próprios pés e comamos com a boca.

-Isso é absurdo! Caminhar é impossível. E comer com a boca é totalmente ridículo! O cordão umbilical alimenta-nos. Estou convencido de que a vida após o nascimento não existe, pois o cordão umbilical é muito curto!
-Olha, eu penso de outro modo. Penso que há algo depois do nascimento, talvez um pouco diferente do que estamos habituados a ter aqui...

-Mas nunca ninguém voltou de lá, para nos falar sobre isso!? O parto é o fim da vida. E a vida, afinal, nada mais é do que a angústia prolongada na escuridão.
-Bem, eu não sei exactamente como será depois do nascimento, mas com certeza veremos a mamã e ela cuidará de nós.

-Mamã? Tu acreditas na mamã? E onde está ela?
-Onde? Em tudo à nossa volta! Nela e através dela é que nós vivemos. Sem ela nada disto existiria!

-Eu não acredito. Nunca vi nenhuma mamã, pelo que não existe mamã nenhuma!
-Eu acredito. E sabes porquê? Porque às vezes, quando estamos em silêncio, ouço-a cantar e sinto como ela afaga o nosso mundo. E também penso que a nossa vida só será "real"depois de termos nascido. Nesse momento tomará nova dimensão. Aqui, onde estamos agora, apenas estamos a preparar-nos para essa outra vida"...

Friday, March 09, 2012

Arriscar é: Quaresmar 12

Enquanto o nosso olhar não se fixar na meta: a Ressurreição
os meios vão nos parecer uma chatice, absurdos ou intransponíveis.

Thursday, March 08, 2012

Arriscar é: Quaresmar 11

"Certa manhã, meu pai, muito sábio, convidou-me a dar um passeio no bosque e eu aceitei com prazer. A dado momento ele deteve-se numa clareira e depois de um pequeno silêncio perguntou-me:
- Além do cantar dos pássaros, estás a ouvir mais alguma coisa?
Apurei os ouvidos alguns segundos e respondi:
- Estou a ouvir um barulho de carroça.
- Isso mesmo  - disse meu pai  - é uma carroça vazia.
Perguntei ao meu pai: - Como pode saber que a carroça está vazia, se ainda não a vimos?
- Ora  - respondeu o meu pai - é muito fácil saber que uma carroça está vazia por causa do barulho. Quanto mais vazia a carroça, maior é o barulho que faz.
Tornei-me adulto, e até hoje, quando vejo uma pessoa a falar demais, gritando para intimidar, tratando os outros com agressividade, de forma inoportuna, prepotente, interrompendo a conversa de toda a gente  e a querer demonstrar que é a dona da razão e da verdade absoluta, tenho a impressão de ouvir a voz do meu pai a dizer:
-Quanto mais vazia a carroça, mais barulho ela faz!"...
(Adaptado)

Wednesday, March 07, 2012

Arriscar é: Quaresmar 10

"As velhotas e a Igreja

 A gente nova tem muita coisa na cabeça,
cabelo por exemplo
a escola, o amor, o conflito de gerações.
As mulheres mais velhas
têm as doenças e os netos
e a Igreja que ocupa o seu coração.

As mulheres velhas gostam
de lá estar sentadas.
Elas são o público mais fiél do Senhor
não em dia de festa
mas cada dia do ano
solteiras e viúvas, de manhã, à tarde, de noite.

Ajoelhadas na penúmbra
pacientemente elas esperam:
a sua vida foi espera:
esperam a vida, a felicidade, o fim da guerra, os filhos
que voltam de escola, o marido
do trabalho, da taberna;
para elas amar é esperar.

Elas velam, raparigas novas,
com chapéus fora da moda
que perdem as malas já usadas, velhas;
o mundo só vê nelas as que
estão sentadas na igreja, as velhas,
que irritam o confessor no confessionário;
o pároco não tem tempo para elas.

Só Jesus, eternamente jovem,
vê nelas as noivas,
as raparigas bonitas
que nas noites de verão
enfeitam com coroas –
de begónias, de jasmin –
com grinaldas e fitas
os andores para a procissão."

Janusz Stanisław Pasierb
(Poeta Polaco)

Arriscar é: Quaresmar 9

...também reza quem:

vai dizendo baixinho aos que cruzam o seu caminho,

Deus te abençoe!

Monday, March 05, 2012

Arriscar é: Quaresmar 8

...também é rezar:

saber dizer, ainda que muito baixinho, eu hoje estou bem!,

Sunday, March 04, 2012

Arriscar é: Quaresmar 7

Sou ateu do deus dos outros que é:
moralista;
marginalizador;
que exclui;
que se ira;
que castiga;
que condena;
que compactua;
que corrompe;
que esmaga;
que desrespeita
que preconceita;
...

Saturday, March 03, 2012

Arriscar é: Quaresmar 6

Transfigurar-se é contar a sua vida em amor.
Darmo-nos a conhecer pelas coisas bonitas que passamos na vida.
Para que tal aconteça é necessário criar condições de retiro e intimidade.
Escolher bons locais e boa companhia.
Todos já devemos ter feito essa experiencia, senão:
transfiguremo-nos!!!

Friday, March 02, 2012

Arriscar é: Quaresmar 5

“Antigamente os homens olhavam para a mesma paisagem durante toda a sua vida, ou durante muito tempo. Até o viajante o fazia, pois qualquer caminho era longo. Isso obrigava a pensar sobre o próprio caminho. Agora, pelo contrário, tudo é rápido.
Auto-estradas, comboios… Até a televisão nos mostra várias paisagens em poucos segundos. Não há tempo para reflectir sobre nada”.
(in O pintor de batalhas, Arturo Perez-Reverte)

Thursday, March 01, 2012

Arriscar é: Quaresmar 4

Jesus diz que o Pai do céu sabe do que precisamos antes de Lho pedirmos.
Creio que Ele sabe o que sentimos e como nos sentimos.
E nós sabemos como Deus se sente?
Os Pastorinhos de Fátima diziam que Deus estava triste...
A oração seria mais interessante e verdadeira relação com Deus
se houvesse mais reciprocidade. Se também quisessemos saber de Deus.

Pssst, Deus! Como estás?

Arriscar é: perceber

Percebemos que tem futuro não quando tudo corre bem  mas quando nos chateamos mas não queremos ir embora.