Monday, November 05, 2007

Arriscar é: ser santo I

“O Santo é o mais livre dos Homens.
Nenhum compromisso o detém.
Testemunha do invisível
no mundo das aparências,
usando de tudo sem nada fazer seu,
Ele fala-nos do Transcendente,do todo Outro,
sendo, contudo, o mais presente dos homens.
Não se impõe pela sua virtude,
Mas pela qualidade do seu amor.
As suas paixões não são extintas
mas assumidas.
É um violento.”

Henri Fesquet (in la Foi toute nue)

Arriscar é: sabedoria e conversão

Os sinais de Deus desafiam-nos à sabedoria e à conversão. Aprender e mudar de vida em termos pessoais, familiares, profissionais e muito em...