Tuesday, April 15, 2008

Arriscar é: saber receber

Num tempo em que a motivação das pessoas anda tão em baixo para o essencial
é importante lembrar que para se dar é importante ter recebido.
O imediato toma conta das nossas vidas interessando apenas o que nos trás proveito já.
É necessário investir a mais longo prazo.
Sem isso a motivação esgota-se depressa e os caminhos são interrompidos mesmo antes de chegarem ao seu meio.
Nos diferentes papeis da nossa vida e nas diferentes etapas pelas quais vamos passar
há situações que são previsíveis mas para as quais nos preparamos tão pouco e tão mal.
E somos apanhados de surpresa portando-nos como ignorantes, ingénuos e primários.
Perde-se muitas vezes todo o caminho percorrido e toda a dignidade alcançada porque não estávamos à espera ou seja, preparados.
A primeira fase da vida deve ser preenchida em receber e bem, nomeadamente formação, conteúdos.
E ao longo do caminho deve haver afinações que nos permitam entrar preparados em cada momento, etapa ou fase.
Quanto tempo nos preparamos para ser esposos, pais, sogros, genros, ou reformados?

Arriscar é: sabedoria e conversão

Os sinais de Deus desafiam-nos à sabedoria e à conversão. Aprender e mudar de vida em termos pessoais, familiares, profissionais e muito em...