!

!

Monday, December 13, 2010

Arriscar é: despejar o saco

Uma das maneiras de ajudar mais
fáceis e baratas é ajudar os outros a
despejar o saco.
Quem o encha há muito.
Quem o ajude a despejar é que há pouco.
E anda tanta gente de saco cheio!
Dos pequenos aos grandes...
É necessário muito pouco.
Começa por se criar condições para a comunicação.
Por exemplo um lugar calmo sem TV, telemóvel,
e duas cadeiras...
Depois é deixar fluir a conversa sem interrupções
para conselhos ou desvalorizações do que se está
a despejar.
No fim dar um toque na conversa só se for pedido.
Pode-se selar com um abraço ou um simples sorriso.

Penso abrir candidaturas para despejadores de sacos.
Quem quer?
pcarlosazevedo@gmail.com