Monday, June 06, 2011

Arriscar é: votar

Se muitas coisas estão em mudança
e em fim de etapa, as formas de exercermos
a nossa cidadania e democracia perdem
força pela desmobilização do chamado povo.
Poucas são as formas de manifestarmos a nossa indignação e discórdia que tenham força.
As greves, as abstenções, as manifestações...
parece que influenciam pouco as instâncias de poder e decisão.
É certo que há por aí algumas vozes que falam
em afirmar um novo paradigma democrático
mas ainda não me parece que o caminho esteja
minimamente definido.
Contudo, algumas ideias são importantes:
solidariedade, mobilização, compromisso,
competencia, sustentabilidade, verdade, empreendedorismo,
criatividade, humanidade, valores e família.

Arriscar é: fragilidade

Deus permite a nossa fragilidade para entendermos as fragilidades como um caminho para a humildade. Em Jesus a grandeza e humildade caminh...