Tuesday, December 27, 2011

Arriscar é: mandar eu

Mandasse eu e o Natal seria todos os dias 25 de cada mês.
Aí mandaríamos os melhores votos aos nossos clientes e amigos...
Aqueles a quem o fazemos uma vez por ano.
Trocaríamos prendas e comeríamos melhor, com mais calma e juntos.
A palavra família e saudade estaríam mais presentes no coração e nos lábios.
As ruas e as casas mais arranjadas.
E a solidariedade ajudaria a colmatar as injustiças e desigualdades. 

Arriscar é: perceber

Percebemos que tem futuro não quando tudo corre bem  mas quando nos chateamos mas não queremos ir embora.