Friday, June 29, 2012

Arriscar é: despejar

"A atitude mais saudável a cultivar é, precisamente, o diálogo com os acontecimentos, com as situações, com os problemas, que me permite captar deles... o que me interessa e deitar fora o que não interessa. Uma das coisas mais interessantes que têm os computadores é o “caixote do lixo”, aquele mecanismo de “delete”, de deitar fora o que não nos interessa. Ai de quem não tenha um enorme caixote do lixo, onde às vezes até podia deitar tudo fora... e ficávamos com espaço livre para o que valesse a pena. Mas há pessoas que têm o “computador das suas vidas”, completamente atulhado. De quê? De nada! E dizem, “mas pode-me vir a ser necessário!..."

(Citação do novo livro do padre Vasco Pinto de Magalhães, s.j.,
“Só Avança Quem Descansa”)

Arriscar é: perceber

Percebemos que tem futuro não quando tudo corre bem  mas quando nos chateamos mas não queremos ir embora.