Monday, November 20, 2006

Arriscar: é denunciar.



Denunciar o desperdício
De tanta vida.
De tantas vidas tão jovens ainda.
Desperdício atrás de aparências de vida,
de “curtes”, de copos, de “nights”, de “fashion”…
Não vale tudo.
Prestem atenção á voz dos que sofrem
a vossa ausência, a vossa degradação,
o vosso desrespeito, a vossa insolência,
o vosso desperdício de tanto
quando a tantos daria tanto jeito,
ter e ser o que sois.
Como renderiam as suas vidas…
Denunciar os sorrisos, os abraços,
os “amo-te”, os “fazes-me falta”,
as intimidades, as solidariedades
as empatias…o melhor que ficam
por dar.
Denunciar o que não se faz
mas devia-se…
Denunciar que o bom e o belo
não podem ter limite!

Arriscar é: perceber

Percebemos que tem futuro não quando tudo corre bem  mas quando nos chateamos mas não queremos ir embora.