Saturday, November 04, 2006

Arriscar é: "sabor a simples"

Em tempos de crise ou em todos os tempos é importante valorizar o simples.
As nossas energias rentabilizam-se e os resultados multiplicam-se.
Tudo é simples para os simples e complicado para os complicados.
A simplicidade permite-nos fazer de qualquer pormenor uma festa, uma aprendizagem.
Eu quero ser simples.
Grandes acontecimentos ou feitos, como o mundo os vê, são raros e para poucos.
Se eu jogasse bem á bola...
Se eu fosse um grande cantor...
Se eu tivesse...
Se me calhasse...
Eu não quero ser feliz com o que não tenho ou não sou.
Viver é um aqui e agora. Já!
E um depois cheio de projecto, sonho...
A simplicidade enche-me a vida de tudo o que é,
deixando-me imenso espaço para o que pode vir a ser.
Eu quero ser simples.
Alguém me ajuda?
É que eu já sei que preciso...

Arriscar é: perceber

Percebemos que tem futuro não quando tudo corre bem  mas quando nos chateamos mas não queremos ir embora.