Thursday, January 18, 2007

Arriscar é: deixar-se cuidar.

Que bom é termos quem goste de nós.
Por vezes somos difíceis…
Somos resistentes. Damos luta.
Pior é quando não respeitamos o amor
dos que nos querem bem.
É do mais ofensivo que se pode ver.

É sabedoria deixar-se cuidar.
É remédio para a solidão. Integra-nos.
Dá sentido á vida dos outros e à nossa.
Cria um lugar comum.
Quem já descobriu a riqueza de cuidar
entende do que escrevo.

Na relação, o equilíbrio faz-se no cuidar à vez.
Ora cuidas tu de mim, ora cuido eu de ti.
Quando se chega aí ouvimos:
“-Quando estou em baixo, ele puxa por mim.
Quando é ao contrário puxo eu por ele”.

Não pode ser sempre só um a cuidar
e o outro a ser cuidado.
O cuidador pode cansar-se e o que é cuidado
perder o seu lugar activo na relação
e esta deixar de fazer sentido.

Arriscar é: perceber

Percebemos que tem futuro não quando tudo corre bem  mas quando nos chateamos mas não queremos ir embora.