Thursday, January 11, 2007

Arriscar é: não ter medo de humilhar-se.

Humilhem-me quando não for humilde.
Com amor, mas humilhem-me.
Humilhem-me quando eu não quiser ter o meu filho,
por mil razões que eu tenha.
Humilhem-me quando eu me esquecer
das mulheres e homens
que desejariam estar em condição de ser humilhados
mas são esteréis e não podem gerar.
Humilhem-me quando eu puser mil condições
para ter o meu filho já gerado no meu ventre,
à frente dessa pequena vida
a que eu não dou hipóteses de ter condições.
Humilhem-me quando não tiver sido ou queira ser responsável.
Humilhem-me quando ouvir mais as vozes de morte dos outros
do que o bater do coraçãozito que trago dentro de mim.
Humilhem-me quando eu estiver cego
pelo meu presente profissional, social, ou estatuto,
pode ser que, se me humilharem a minha consciência
passe a ver e a dignidade da vida não se perca.

Arriscar é: nutrir-se

Hoje fala-se em toxicidade dos alimentos e das pessoas com quem nos relacionamos.  Na verdade, é que é fraca a qualidade da alimentação mas...