Tuesday, March 27, 2007

Arriscar é: alimentar a chama

A vida é uma chama.
Quando somos gerados essa chama é acesa.
Quando somos pequenos são os mais velhos que a cuidam, a alimentam, a protegem.
Nessa etapa a nossa responsabilidade é reduzida.
Com o nosso crescimento ela vai aumentando.
E vamo-nos comprometendo cada vez mais…
Aqui alto!
Este compromisso é antes de tudo o olharmos por nós.
Somos cada vez mais responsáveis pela nossa chama. Não devemos esquecer isto.
Somos quem deve ser o primeiro a cuidar dessa chama.
Cuida-se disto, daquilo, deste, daquele…
Mas a tua chama deve ser uma especial atenção da tua pessoa.
Descobre-te. Conhece-te. Estima-te. Defende-te.
Alimenta-te e depois brilha. Irradia.
E é o Amor que melhor alimenta a chama e a sacia.

Arriscar é: sabedoria e conversão

Os sinais de Deus desafiam-nos à sabedoria e à conversão. Aprender e mudar de vida em termos pessoais, familiares, profissionais e muito em...