!

!

Wednesday, September 16, 2009

Arriscar é: sentido de pertença

O sentido de pertença é uma realidade que muito nos estrutura.
Saber que pertencemos a algo, a alguém,
ajuda a identificar, a estabilizar, a segurar o nosso ser.
O começo da fé monoteísta aparece desse modo definida.
Deus apresenta-se como o nosso Deus e nós como o seu povo.
A vida não se entende nem se suporta sem relação.
Este sentido de pertença, a um Deus, a um povo,
a um ideal ou ideologia, a uma família... é fundamental
mas requer equilíbrio.
Referencia-nos e situa-nos sem nos tornar posse
ou possessivos.
Não pode aprisionar ou aprisionar-nos.
Antes prolonga-nos o ser para alem de nós naquilo a que nos
referenciamos.
Alguns têm medo de se prolongarem no divino ou infinito...
Será que esse receio vale a pena?