Thursday, April 30, 2015

Arriscar é: família 7

Amar dá trabalho. E o ganho pode parecer pouco – especialmente quando se vive num mundo como o nosso, que nos cobra a busca por um fictício estado prazeroso ininterrupto. O ganho, que não está previsto nessa conta que soma êxtases, é aquele que não se percebe de imediato: as transformações do eu na experiência da intersubjetividade. Aqui se inclui a relação de amizade e interajuda.

Arriscar é: nutrir-se

Hoje fala-se em toxicidade dos alimentos e das pessoas com quem nos relacionamos.  Na verdade, é que é fraca a qualidade da alimentação mas...